Projetos

Cátedra Itinerante – Inclusão produtiva no Brasil rural e interiorano

Cátedra é uma denominação utilizada predominantemente no ambiente do ensino superior para designar a condição de um professor, de um pesquisador ou de uma instituição, em caráter temporário ou permanente, destinado ao ensino, à pesquisa ou à extensão universitária em torno de um determinado tema ou área do conhecimento.

O foco desta Cátedra é apoiar projetos que atuem sobre temas relevantes para a inclusão produtiva das populações que vivem nas áreas rurais e interioranas do Brasil. Porque há uma concentração de pessoas vivendo em condições de precariedade nestas localidades. E porque é preciso conciliar novas formas de uso dos recursos naturais com a ampliação das oportunidades para incluir as pessoas pela via do trabalho.

 

Seminários da Cátedra Inclusão Produtiva Rural

Seminários sobre Digitalização e Acesso a Mercados para a Agricultura Familiar – Entre final de maio e começo de junho de 2021, a Cátedra sobre Inclusão Produtiva Rural promoveu uma série de seminários, organizados pela UFRGS em parceria com o Cebrap Sustentabilidade abordando as oportunidades e desafios dos mercados digitais. Os eventos contaram com a participação de especialistas do Brasil e do exterior e com representantes de cooperativas de agricultores. Os vídeos das três sessões estão disponíveis no canal do Cebrap no Youtube. Acesse os links das sessões

Sessão 1 – Digitalização, políticas públicas e acesso a mercados

Sessão 2 – Mercados digitais e intercooperação

Sessão 3 – Mercados digitais: desafios para conectar produtores e consumidores

 

Seminário sobre Políticas Públicas de Inclusão Produtiva Rural na América Latina – As experiências de políticas e programas do Brasil, Peru e México foram apresentadas e analisadas em Seminário promovido no âmbito da Cátedra sobre Inclusão Produtiva Rural. Em destaque, os desafios a serem enfrentados para uma nova geração de políticas. Participaram da mesa Janine Mello (IPEA), Carolina Trivelli (ex-Ministra do Desenvolvimento Social do Peru) e Isidro Soloaga (Universidad Iberoamericana do México). O vídeo está disponível no Canal do Cebrap no Youtube.

Sessão Única – Políticas Públicas de Inclusão Produtiva Rural na América Latina

 

Seminário sobre Mudanças Climáticas, Valorização da Biodiversidade e inclusão Produtiva Rural – Retomada Verde pós pandemia, Green New Deal, Big Push Ambiental. Todas estas narrativas abordam as possibilidades de fazer da valorização da biodiversidade um vetor de dinamização econômica com inclusão. Mas sob que condições elas podem ser aproveitadas pelos produtores mais pobres? Estes temas foram discutidos neste Seminário organizado pela Cátedra sobre Inclusão Produtiva Rural. Participaram Claudia Ranaboldo (Plataforma Diversidad Biocultural y Territorios), Joice Ferreira (Embrapa Amazônia), Valmir Ortega (Belterra Agroflorestas) e João Paulo Mastrangelo (Universidade Federal do Acre).

Sessão Única – Mudanças Climáticas, Valorização da Biodiversidade e Inclusão Produtiva Rural

 

Como é implementada a Cátedra?

A Cátedra itinerante será sediada por diferentes organizações, em distintos momentos, com duração determinada.

Ela se sustenta em duas ideias:

a) há vários atores dispersos, com capacidade de repercussão limitada, mas que vêm investindo esforços que poderiam ter seus resultados amplificados mediante um apoio pontual; e,

b) ao mesmo tempo, é preciso favorecer e criar condições para que sejam produzidos novos conhecimentos capazes de dialogar com esta mesma perspectiva, estimulando novos pesquisadores e instituições a se debruçar sobre o tema, formando capacidades, sobretudo em um contexto restritivo como o do Brasil atual, marcado por brutal crise fiscal que atinge o meio educacional e científico.

O projeto da Cátedra viabilizar um apoio dirigido a iniciativas que possam ampliar a capacidade de repercussão de conhecimentos de ponta já produzidos sobre a inclusão produtiva, em particular sobre a inclusão produtiva rural, e viabilizar a produção e a sistematização de novos conhecimentos visando sua veiculação e incidência junto a um público mais amplo.

A cada ano é publicado um edital, onde são apresentados os temas prioritários para aquele ano. Universidades, centros de pesquisa e outros tipos de organizações que trabalham com produção e disseminação de conhecimento podem se candidatar.

O Cebrap Sustentabilidade desenvolverá estudos complementares aos projetos selecionados, produzindo um relatório anual, e fará a gestão da Cátedra itinerante.

Quem são os parceiros da Cátedra?

A Cátedra é uma iniciativa do Cebrap Sustentabilidade, em parceria com a por Fundação Arymax, Instituto Humanize, Fundação Tide Setubal. A cada ano são incluídos novos parceiros que sediam temporariamente a Cátedra, com uma programação própria em suas organizações.

Neste primeiro ano a Cátedra Itinerante está sendo sediada pelas seguintes organizações:

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Universidade Estadual do Maranhão

Incubitec – Instituto Federal do Pará

Fundação Getúlio Vargas, em consórcio com Universidade Federal do Piauí, Universidade Federal do Oeste do Pará e Universidade Federal do Cariri

Para conhecer o Edital do Ano 1 da Cátedra, acesse o link.

O Núcleo de Pesquisa e Análises sobre Meio Ambiente, Desenvolvimento e Sustentabilidade – cujo nome abreviado é Cebrap Sustentabilidade – dedica-se à produção de conhecimentos voltados a favorecer formas inovadoras de tratamento do tema ambiental e que estejam sintonizadas com os principais avanços realizados pela comunidade científica nacional e internacional.
Rua Morgado de Mateus, 615 – Vila Mariana, São Paulo – SP, Brasil
sustentabilidade@cebrap.org.br